Blog 909 - Marketing Digital e Tendências

Storytelling: histórias que vendem!

26 de fevereiro de 2018 Categoria: Empresa, Estatísticas e Pesquisas, Marketing Digital

mktdigital

Imagine conseguir cativar os seus clientes e também o público que normalmente não o é. Imagine ainda que consegue vender os seus produtos e serviços sem parecer que o está a fazer. Essa é a arte do storytelling. Divulgar a mensagem sob o formato de uma história é hoje uma das melhores formas para vender e conquistar clientes.

Storytelling é uma das mais antigas formas de se contar histórias. Desde a época dos homens das cavernas, quando estes saiam para caçar e contavam suas aventuras a noite, por gestos ou através de suas pinturas, o storytelling já estava sendo praticado. Atualmente, essa técnica foi resgatada para o ambiente corporativo, como uma maneira de maximizar o potencial de determinada marca.

Podemos dizer que o principal segredo do storytelling está em atribuir significados emocionais à elementos técnicos por meio de um contexto. Esse contexto emocional auxilia a empresa a trabalhar a curiosidade e a expectativa dos seus consumidores, aumentando o envolvimento dos mesmos para com a organização. Isso tudo ocorre através de um planejamento que obedece determinadas fases, porém o mais importante é saber trabalhar qualitativamente o storytelling, ampliando seu alcance com o uso de transmídia, tendo sempre como objetivo final o melhor engajamento possível junto ao público-alvo.

Para isso, é necessário elaborar uma narrativa de qualidade que alcance o lado emocional do espectador. É importante ter em mente que para o storytelling dar certo é preciso descobrir a história única, real e exclusiva da sua empresa, que fará seu negócio ser lembrado quase que instantaneamente pelos seus consumidores. Outras empresas podem até copiar sua marca, ou seu produto, mas ninguém conseguirá copiar sua história.

Através de diferentes veículos, como as propagandas de televisão, anúncios ou até mesmo jogos, as marcas transmitem suas histórias de modo que cativem o público alvo por identificação e/ou simpatia com o que está sendo proposto. Com isso, além de maximizar seu mercado, as empresas também conquistam consumidores que acabam se fidelizando com a marca, o que torna as vendas muito mais eficientes.

“Os cientistas dizem que somos feitos de átomos, mas um passarinho me contou que somos feitos de histórias”
- Eduardo Galeano

Fonte: OUT Marketing | Portal Administração